Proposta do Programa

Histórico | Coordenação | Infraestrutura | Proposta do Programa | Membros do Colegiado

Pontos fortes do programa

Visão geral | Integração com a graduação | Pontos fortes do programa
Autoavaliação | Solidariedade, nucleação e transparência

Pontos fotes do programa

Avaliação e as realizações relevantes do Programa em 2010

Na última avaliação trienal 2007-2009 realizada pela CAPES, o nosso Programa foi promovido para o conceito 6 recebendo da Comissão Avaliadora o seguinte apreciação final: 'O programa teve bom em todos os quesitos, demonstrou um ótimo desempenho no triênio tanto pela sua capacitada de titular alunos e sobretudo pela sua produção intelectual, esta refletida pela alta porcentagem de seus docentes com bolsas de produtividade do CNPq. O programa tem uma interseção internacional importante. O programa tem captado muitos recursos financeiros em agências de fomento. Os docentes do programa participaram também de corpo editorial de periódicos. Por sua produção, o programa teve uma pontuação boa de 11305 pontos, 471,04 pontos por docente, com bom impacto no número de publicações nos estratos Qualis >= B2, compatível com a nota 6,0 segundo os critérios estabelecidos pela área.

Esta melhoria no conceito do Programa deveu-se ao esforço conjunto dos professores e alunos bem como da implementação de mudanças estruturais importantes como o estabelecimento de normas rigorosas para o credenciamento de orientadores e a redução do número mínimo de créditos para a conclusão do mestrado e do doutorado. Objetivando melhorar o desempenho do Programa, em 2010 trabalhou-se na consolidação das mudanças realizadas no último triênio (2007-2009) como também foram implementados alguns ajustes, entre eles, o estabelecimento do tempo máximo para titulação (51 meses para o doutorado e 26 para o mestrado) e o aumento do número anual de vagas no mestrado (de 10 para 20) que certamente terão um impacto positivo nos próximos anos.

Resumidamente, os principais índices e realizações do Programa em 2010 foram:

1- O corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Parasitologia compreende 22 professores, sendo 18 permanentes (82%) e quatro colaboradores (18%). Dezoito entre os 22 docentes (82%), ou melhor, 16 entre os 18 permanentes (89%), são bolsistas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Em 2010 todos os 18 professores permanentes publicaram trabalhos com Qualis ? B2, apresentando uma média de 3,5 trabalhos com Qualis ? B5, 3,3 Qualis ? B3 e 2,8 trabalhos com Qualis ? B2. Vale a pena ressaltar que 17 dos 18 docentes permanentes (94%) são líderes de Grupos de Pesquisa na sua área de atuação e que vários docentes do Programa participam de grandes projetos de pesquisa como os financiados pela Comunidade Européia, INCTs, Rede Nacional de Pesquisa em Malária, PRONEX e Rede Mineira de Nanotecnologia.

2- A produção científica do Programa foi bastante diversificada (62 trabalhos em 40 diferentes periódicos ver lista abaixo) abrangendo as suas cinco áreas de concentração (Entomologia, Protozologia, Helmintologia, Imunoparasitologia e Epidemiologia). Destes 62 trabalhos, 57* foram qualificados em estrato de Qualis ? B5, assim distribuídos: 1,8% (A1), 10,5% (A2), 24,6% (B1), 42,1% (B2), 12,3% (B3), 7,0 %(B4) e 1,8% (B5). Em 2010 observou-se um aumento significativo da proporção de trabalhos publicados em Qualis ? B2 (79%) em relação ao triênio 2007-2009 (61%).
*Não foram qualificados em estrato de Qualis dois trabalhos publicados na EXPERT REVIEWS IN MOLECULAR MEDICINE e no JORNAL DE PEDIATRIA.

Lista dos periódicos científicos onde foram publicados os trabalhos do Programa com os respectivos números de trabalhos publicados/periódico entre parênteses:

ACTA TROPICA (4)
ANNALS OF TROPICAL MEDICINE AND PARASITOLOGY (2)
ARCHIVES OF VIROLOGY (1)
CANCER SCIENCE (1)
CYTOTHERAPY (1)
EMERGING INFECTIOUS DISEASES (1)
EPIDEMIOLOGIA E SERVIÇO DE SAÚDE (1)
EUROPEAN JOURNAL OF HISTOCHEMISTRY (1)
EXPERIMENTAL PARASITOLOGY (1)
EXPERT REVIEWS IN MOLECULAR MEDICINE (1)
GENES AND IMMUNITY (1)
GENETICS AND MOLECULAR RESEARCH (1)
JORNAL DE PEDIATRIA (1)
JOURNAL OF EXPERIMENTAL BIOLOGY (1)
JOURNAL OF HELMINTHOLOGY (1)
JOURNAL OF MEDICAL ENTOMOLOGY (3)
JOURNAL OF NATURAL HISTORY (1)
JOURNAL OF NEUROIMMUNOLOGY (1)
JOURNAL OF WILDLIFE DISEASES (1)
MALARIA JOURNAL (1)
MEMÓRIAS DO INSTITUTO OSWALDO CRUZ (8)
MICROBES AND INFECTION (2)
MICRON (1)
MOLECULAR AND CELLULAR PROBES (1)
PARASITE IMMUNOLOGY (1)
PARASITES VECTORS (2)
PLOS NEGLECTED TROPICAL DISEASSES (2)
PLOS ONE (1)
PREVENTIVE VETERINARY MEDICINE (1)
RESEARCH IN MICROBIOLOGY (1)
REVISTA DO INSTITUTO DE MEDICINA TROPICAL DE SÃO PAULO (1)
SCANDINAVIAN JOURNAL OF IMMULONOLOGY (1)
SCIENTIA MEDICA (1)
THE JOUNAL OF PARASITOLOGY (1)
THE VETERINARY JORNAL (1)
TRANSACTIONS OF THE ROYAL SOCIETY OF TROPICAL MEDICINE AND HYGINE (1)
VETERINÁRIA E ZOOTECNIA (1)
VETERINARY IMMUNOLOGY AND IMMUNOPATHOLOGY (1)
VETERINARY MICROBIOLOGY (1)
VETERINARY PARASITOLOGY (7)

3- Dos 57 trabalhos publicados qualificados em estrato de Qualis ? B5, 33 (58%) tiveram a participação de discentes (incluindo os egressos nos últimos três anos ver lista dos egressos autores em informações complementares), sendo que em 40% dos trabalhos apresentaram discentes de doutorado, 28% alunos de mestrado e 7% alunos de iniciação científica. Em 2010 foram defendidas 13 dissertações e sete* teses com tempo médio de titulação de 22 e 52 meses, respectivamente.
* Em 2006 ingressaram 10 alunos no doutorado, entretanto um aluno adiantou a defesa (2009) e outros dois foram desligados do curso (dez/2010 e jan/2011)por não terem cumprido o prazo determinado pelo Colegiado do Programa para a defesa da tese.

4-A fim de melhorar a produção científica do programa temos adotado uma política de captação de pós-doutorandos. Em 2010, o nosso curso foi agraciado com duas bolsas de Pós-Doutorado institucional. Uma do Programa Nacional de Pós-Doutorado (CAPES/CNPq/Finep) com o projeto Genoma Funcional de Parasitos e Vetores coordenado pelos professores Marcos Horácio Pereira, Érika Martins Braga e Élida Mara Leite . E outra do Programa de Apoio a Projetos Institucionais com a Participação de Recém-Doutores (PRODOC/CAPES) com o projeto Abordagem Proteômica para Identificação de Fatores de Virulência em Leishmania chagasi coordenado pela professora Hélida Monteiro Andrade. Além destas, outras dez bolsas de pós-doutorado ligadas a projetos de pesquisa dos orientadores do Programa e financiadas por órgãos de fomento ou de intercambio acadêmico foram obtidas. Os pós-doutorandos e seus respectivos supervisores que atuaram no Programa em 2010 foram:

a) Adriana C. Soares (FAPEMIG) Marcos H. Pereira
b) Camila de V. B. Castro (FAPEMIG) - Mucio F. B. Ribeiro
c) Ricardo N. Araujo (FAPEMIG) -Nelder de F. Gontijo
d) Rodrigo R. C. de Miranda (PNPD 2009/CAPES) - Ricardo T. Fujiwara
e) Francisco P. Lobo (PNPD 2009/CAPES) Daniella C. Bartholomeu
f) Cíntia de Jesus (CNPq) - Déborah Negão-Correa
g) Elizabeth C. Moreno - Maria N. Melo
h) Luciana G. B. Pereira (CNPq) - Álvaro Eiras
i)Daniella A. DÁvila (CNPq) - Egler Chiari
j) Adriana Melo Ferreira (FAPEMIG) Marcos H. Pereira
l) Simone Fonseca Pires (PRODOC/CAPES) - Hélida Monteiro Andrade

5-. Em 2010 o nosso Programa realizou dois eventos científicos, o I Encontro de Pesquisa em Parasitologia ICB/UFMG e o Ciclo de Palestras dos Programas de Pós-Graduação em Genética e Parasitologia do ICB/UFMG.

I Encontro de Pesquisa em Parasitologia ICB/UFMG Período

O nosso encontro foi idealizado para permitir a discussão conjunta de nossos estudantes de pós-graduação, graduação e egressos acerca dos trabalhos produzidos pelo Programa bem como de temas importantes relacionados à pesquisa e à formação de parasitologistas no Brasil.

O encontro contou com a submissão de 175 resumos, e um total de 300 participantes; em sua grande maioria, alunos de graduação, pós-graduação e jovens pesquisadores de diversas instituições de pesquisa do país, dentre elas: Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Ouro Preto-MG, Universidade Federal de São João Del Rey-MG, Universidade Federal do Espírito Santo, Universidade Federal do Maranhão, Universidade Federal do Piauí, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Triângulo Mineiro-MG, Instituto de Ciências Biomédicas-USP, Instituto Federal de Educação-RO, Instituto Oswaldo Cruz/FIOCRUZ-RJ, Instituto René Rachou/FIOCRUZ-MG, Centro Universitário Nilton Lins-AM.

O nosso evento contou com a participação de um seleto grupo de palestrantes renomados na área, onde sob a forma de conferências e mesas redondas, abordaram diversos temas relacionados a diferentes campos da parasitologia, desde o ensino básico até a era genômica/pós-genômica (ver detalhes da programação do evento em informações complementares)
Ciclo de Palestras dos Programas de Pós-Graduação em Genética e Parasitologia do ICB/UFMG
Com o apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação da UFMG, os Programas de Genética e Parasitologia (que atingiram o conceito 6 em 2010) trouxeram pesquisadores internacionais renomados em suas respectivas áreas do conhecimento para realizarem um ciclo de palestras, entre eles, destacam-se Dr. Hugo (Argentina), Dr. Appolinaire Djikeng (África do Sul), Dr. Adrian Llerena (Espanha), Dr. Gustavo C Cerqueira (EUA)e Dra. Joana Carneiro da Silva (EUA) (ver detalhes da programação do evento em informações complementares).

Campus da UFMG - Av. Antônio Carlos, 6627 - Pampulha - Belo horizonte - Minas Gerais - CEP: 31270901
Caixa Postal 486 - Sala 237 - Bloco E3 - ICB - UFMG - Telefone: (0**31) 3409-2962 - Fax: (0**31) 34092829 - e-mail: pg-par@icb.ufmg.br